quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Vamos ver se nos entendemos...

QUANDO EU TIVER UMA BARATA A MÍSEROS MÍLIMETROS DA MINHA MÃO, NÃO DIGAM CALMAMENTE: «OLHE AÍ... OLHE AÍ...», DIGAM, BARATA A DOIS MÍLIMETROS DA TUA MÃO!!! ok? Não me parece díficil!

Puta que pariu... raio do homem... Dizer, no tom em que se diz um bom dia desinteressado, «olhe aí», sem sequer olhar para o local para onde devemos olhar, quando temos um ser com mais de 4 patas quase em cima da nossa pele, não é bonito, é que não é mesmo.

Acho que o asno do homem percebeu o seu erro... já que assim que avistei o pobre animal (actualmente falecido de ataque cardíaco, de certeza), gritei (agudamente) e dediquei algum tempo a perguntar-lhe se estava parvo (no mesmo tom agudo, para manter o registo).

(Entretanto o meu coração já parou de saltar... mas eu continuo a sentir-me igualmente idiota, tanto escândalo por causa de um animal de 2 cm ... ai Sayuri, Sayuri...)

2 comentários:

Strategos disse...

Tens que ponderar que, para o homem, talvez ter uma barata a 2mm da mão não seja motivo para tanto alarido...:)

Sayuri disse...

Pois...

... mas é para mim e para a barata :)