quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Depois de vários anos...

... a sofrer de sinusite sou, praticamente, uma expert no assunto. 

Por isso reconheço logo uma dor de cabeça com origem na dita cuja - dor intensa na testa e nariz que, no máximo, alivia com analgésicos mas não passa totalmente, sensação de febre na testa e nariz, sensibilidade ao toque nessa zona, sensibilidade à luz e peso na cabeça, como se andássemos a carregar com algo em cima dela.

Na última semana já perdi a conta da quantidade de pessoas que ouvi a queixarem-se destes sintomas, alguns conscientes de que se tratava de uma crise de sinusite, outros não e tive imensa pena de todas as alminhas que partilham este sofrimento comigo.

É que é uma coisa incapacitante que só quem tem é que percebe o como é mau que é ter este problema, de forma crónica. Uma pessoa pode ter mil coisas para fazer num dia mas se surge uma crise, na melhor das hipóteses, faz só o essencial e na pior (que já me aconteceu 3 vezes) fica de cama uns dois dias, com dores terríveis.

7 comentários:

Me disse...

Como eu te entendo miga...
Mas olha que houve uma alteração na minha vida nos ultimos meses que ajudou imenso. Depois conto-te.
Bjokas
Me

Sayuri disse...

Tens que contar isso :)

Strategos disse...

A sensibilidade à luz e aos sons está mais ligada a enxaquecas que propriamente a sinusite... Se não tens corrimento nasal quando tens essas crises e consegues "prever" quando vais ter uma dessas dores de cabeça (porque sentes algo de diferente um bocado antes), pondera falar com um médico sobre a possibilidade de ser uma enxaqueca...

Sayuri disse...

Talvez tenha tido algumas vezes enxaquecas em conjunto com a sinusite mas é sinusite. Tenho corrimento nasal e a dor localiza-se inicialmente na cana do nariz, como se usasse uns óculos muito pesados e depois alastra até a coisa desentupir... o problema é que passa a vida a entupir novamente... Lol, conversa um bocadinho a atirar para o nojento :)

Strategos disse...

Not really:) Descritiva, vá:) Sinusites crónicas só costumam ir ao lugar com antibióticos...

Sayuri disse...

Quando estou pior tomo, mas tento evitar. O problema é que há 5 anos devia ter sido operada, mas estava a começar um novo emprego e não arrisquei... entretanto tenho que voltar a percorrer o sistema nacional de saúde (o que , na altura, demorou um ano só até à conclusão da operação e, por isso, acabo por desistir da ideia).

Strategos disse...

Bom, é melhor esperares mais um ano... Que nunca:)